Curiosity

domingo, 27 de dezembro de 2015

eu e minha não capacidade de escrever algo que preste

Será que serei tudo que sempre me disseram?

Quando alguém coloca mais expectativa em algo seu do que você mesmo é frustrante.
Nem direito de mim eu consigo cuidar.
Fazia meses que meu quarto não via um pano molhado nesse chão, assim como faz meses que eu não me pego chorando de rir.

O que está acontecendo com a minha vida?
Pq tenho que trabalhar seis dias na semana para pagar minhas contas e mesmo assim ser incapaz de dar soluções aos meus problemas?

Não ser amada com gostaria de ser, não estar no emprego que queria estar, não viver do jeito que queria viver. Caramba meu!

Dois mil e dezesseis venha com muita luz, tenho tantos planos e juro que não são mirabolantes.
Quero voltar a estudar, ter um dia pra ficar com a minha família e um trabalho decente onde pelo menos nos deem um horário certo para janta e não nos façam comer pelo nariz.

Estudar o curso que escolhi é uma solução deliciosa para minha alma, realmente poder fazer o que gosta e testar se o que você gosta é realmente o que você sabe fazer...

Ano que vem quero tantas coisas.

Quero me deixar fazer, me deixar ser, me deixar sentir, me deixar viver...quero me deixar não me encher. Não quero problemas que não são meus, então infelizmente, terei de ser mais sozinha, pois quando somos sozinhos temos menos problemas dos outros em cima de nós.

Quero ser realmente livre para ser eu, cada vez mais eu.

Sobre achar o final do ano estranho - mas esse o mais

Não sei se eu puis na cabeça que queria me livrar de todos os assuntos inacabados e eu ressuscitei uma pessoa que até poucos dias atrás, queria ver o diabo mais não queria ve-la...E n f i m.

Estou me sentindo incompleta.

Amo muito minha família, mãe, pai, irmã... mas será que estou na crise da meia idade?
Sabe quando você está jantando em algum lugar? quando você está andando na rua com seu fone de ouvido e você começa a reparar nas famílias?
Realmente estou enlouquecendo, pode dizer!
Olho essas pessoas e me sinto vazia!!!! ISSO NÃO PODE ESTAR ACONTECENDO COMIGO AQUARIANA PURA!!!!!!
Mas sinto um vazio que engloba tantas coisas, como exemplo, não ter um emprego que gosto. Isso é o pior ponto se pá. Ai junta com não ter com quem contar. Faço MAIS DA METADE das minhas coisas sozinha, dentre elas: almoço, janta, saidas por ai, filmes, livros, pipocas, parque...

Depois de ter pedido desculpas pro Felipe de todas as merdas que eu fiz, PQ EU SEI ASSUMIR QUANDO FAÇO MERDA MESMO SE DEMORE DOISANOSPARAISSO, ele me respondeu lindamente. Consequentemente fez eu pensar em todas as possibilidades da minha vida se nós estivéssemos juntos, OLÁQUEBABACA!

Talvez tivesse com quem contar, com quem rir, com quem dividir...
Talvez estivesse no meu emprego na Tribeca.
Talvez estivesse nesse momento viajando e me preocupando com a roupa do Ano Novo.
Talvez estivesse fazendo planos.
Talvez estivesse me sentindo completa.

Talvez...


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

sobre fazer exames íntimos com médicos homens

Duvido que seja só eu que me sinto desconfortável em ficar semi nua em posições estranhas para médicos homens!

Ou seja, terei de esperar quase dois meses para a doutora voltar de férias e não sonhar comigo de noite depois que me examinar hahahaha


quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Sobre trocar as cordas do violão e menstruar

Tenho um violão e ele se chama Zoralisse.
Sei que as cordas tem seu tempo de vida, assim como nós também temos.
Mas, m a s , MAS acordei, olhei para Zora e vi que seu mizinho estava estourado. Fiquei frustrada e ok.
Fui na loja comprei o melhor jogo de cordas ever e pedi para o Léo trocar.
Foi então que descobri o tesão de uma corda nova rs
É aquela parada que dá vontade de lamber de tanto amor!


Vocês já pararam pra pensar o que acontece quando você não menstrua por três meses e sabe que não existe possibilidade de estar grávida?
Pois bem, matutei três meses seguidos o que estava acontecendo com o meu sangue, bolei algumas alternativas, dentre elas:
1 - explodirei em breve de tanto sangue
2 - qual o nivel máximo de não menstruar e pra onde meu sangue iria? (tá essa não era exatamente parte disso tudo, mas virou um jogo de perguntas sem respostas)
3 - já nem lembro no que pensei... só sei que me sentia incompleta sem a minha cachoeira mensal.

Ai ontem, tive a melhor sensação do mundo ever! voltei a sintonizar com a mãe terra e ter todas as minhas fases de mulher no mês!!!!!!!!

VIVA


#compartilhandosensações 

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

hahahahahahahaha yeeeeeeeeeeees baby


eu e meu problema de pegar no sono

qualé gente, amanhã cedo eu tenho RPG e mesmo assim estou aqui ouvindo "é morena, tá tudo beeeeeeeeeem" haha
preciso escovar os dentes, por o prato da minha janta na pia e mesmo assim estou aqui.

Acho que a pior coisa ever de todos os tempos que inventaram foi o whatsapp e essa porra de visualizado por último!!!!!!!!!!

Mas ok! #partiudormir #sqn

Sobre ser incapaz de fazer outra pessoa feliz

Caros leitores - que possivelmente não existam...
Bom, eu existo e leio tudo que escrevo quando quero rir ou ter um momento nostálgico solitário da minha vida.

Quis escrever hoje sobre isso pq faz umas semanas que tenho passado por grandes reflexões e por uma turbulência de sentimentos que vamos nomear de M.
As vezes usamos um N, um X ou qualquer letra do alfabeto para nomearmos uma quantidade, situação problema ou até mesmo a solução da coisa toda. E sim! eu nomeei de M.

Passei a tarde toda pensando no título deste texto e agora pouco estava no banho pensando realmente se esse era bom. Deveria ser "Sobre ser incapaz de fazer outra pessoa feliz por falta de não querer tentar". Mas ai seria comprido demais e isso me irrita, com toda certeza eu passaria o texto inteiro dizendo como o nome dele me irritava e esqueceria de dizer o pq eu estou aqui again.

Voltando a minha situação problema/solução M, fez com que eu repensasse muitas coisas da minha vida, aliás, acho que dei um puta de um passo do tamanho do universo que eu não teria dado se não fosse por causa disso.

Acho que este texto é mais uma reflexão de como eu sou complexa e complico coisas que teoricamente são simples de se fazer/ter e eu não tenho coragem, do que uma solução sobre meu problema que não é um problema.

Não sei acompanhar as pessoas, não gosto que elas me observem, tenho problemas com o meu corpo e não vem vocês com todo aquele papo de "você é perfeita olha que pecado", EU SEI! com a Graça de Deus eu não tenho nenhum problema maior do que o meu problema de não ser tão satisfeita com o meu corpo, eu entendo isso. Continuando...
Não gosto de sair de casa, não sei dirigir e tenho medo, tomo toddy assistindo a Disney Channel e não uma garrafa de vodka na balada de sexta feira.
Nunca contei quantas pessoas já fiquei e também não ligo de não ficar com tantas assim, as pessoas pra mim não são como troféus e eu sei muito bem ficar sem elas.
Passar a noite fora de casa é totalmente inviável, minha mãe não deixa e não, eu não tenho amigas para fingir que vou dormir na casa de alguma delas.
Nada de saltos e saias, nada de ser aquela princesa na hora de sair e também não sei ser sofisticada, não me interessa se tem um carrão ou uma bike, não interessa se usa uma puta de uma marca de roupa, não me interessa... não me interessa muitas coisas.
Gosto de ursinhos de pelúcia, meu quarto parece uma mini disneyland, não tenho roupas sensuais e nem quero ter, sou grande, muito maior que 1,80 e isso me incomoda de uma tal maneira absurda que vocês não tem ideia.
Fico feliz com facilidade, sorria para mim, ponha uma música, faça uma pipoca, sente na calçada comigo.
Tenho inúmeros medos, medo de aranha, medo de ser burra, medo de não ser amada, medo de não atingir as expectativas das pessoas, medo de ficar grávida, medo de morrer, medo de vomitar, medo de não fazer alguém feliz ou de fazer alguém feliz, vai saber!

Muitas pessoas acham que gosto de mulher rs, comecei a usar vestido faz pouco tempo, acho minhas pernas muito finas, sinto falta de Atibaia, queria trabalhar em uma empresa que tivesse princípios Disney, onde o dono fosse um grande gestor e desse oportunidades aos funcionários. Mas também queria abrir um bar, conhecer a Bahia, voltar para Orlando, fazer inglês.

Gosto de ficar em casa, se pudesse ficaria pra sempre, ainda mais agora que roubei por uns dias a TV do quarto da Mamãe.
Minha família é muito bagunçada, todos querem cuidar da vida de todos e eu sempre guardo tudo que gostaria de falar para que a minha Mãe não ficasse chateada. Acho que sou sozinha por causa disso, um dos maiores motivos é ter que encarar a minha família toda, colocando expectativas na minha vida que nem eu mesma ponho.

Já me perdi?
Já sim... faz 40 minutos que to jogando ideias e olhando pra tela do meu notebook.
E infelizmente já é hora de ir trabalhar.